Novas tecnologias para sistemas de vigilância

Written by

Novas tecnologias em Sistemas de Segurança

Seguindo a tendência da Segurança Corporativa para 2020, o mercado vem investindo em novas tecnologias em busca do refinamento dos sistemas de vigilância. 

Equipamentos estão cada vez menos segregados em físico e virtual, e a convergência de equipamentos com softwares parece ser o futuro do setor.  

A inserção de Inteligência Artificial já é uma realidade. Fazer com que sistemas tenham a capacidade de coletar, analisar e desenvolver memória, trazendo soluções inteligentes, é uma das principais apostas de defesa para o próximo ano. 

Empresas de segurança ao redor do globo estão inovando o mercado com o desenvolvimento de soluções que atendam esta demanda crescente. 

Mesmo que algumas dessas tecnologias ainda não tenham chegado ao Brasil, elas estão se espalhando rapidamente em regiões mais desenvolvidas como Estados Unidos e Europa. 

Veja agora alguns dos investimentos em tecnologia para o setor de segurança no último ano: 

ISONAS Pure IP

Sua tecnologia de controle de acesso inovadora permite que a empresa integre os equipamentos aos seus sistemas de segurança

O monitoramento pode ser feito de qualquer lugar através de dispositivos móveis, além de possuir uma série de outras facilidades. 

A especialista em segurança contra incêndios, Allegion, do Reino Unido, começou a utilizar o Pure IP em 2018 e, desde então, o investimento em novas tecnologias no país se aqueceu. 

Talvez um dos melhores benefícios do ISONAS é a habilidade de administrar os serviços de qualquer lugar do globo. A possibilidade de programar o sistema central e o gerenciar de forma remota é uma vantagem singular”, disse Trevor Ball, Gerente de Desenvolvimento do Negócio da Allegion. 

O uso da tecnologia também dispensa o uso de cartões de identificação, pois tudo é monitorado online. Isso permite que as empresas controlem o acesso de funcionários de forma mais eficiente e em tempo real. 

Gallagher

A ferramenta especializada em defesa virtual ganhou o prêmio Homeland Security Award como melhor Sistema de Gestão em Cibersegurança de 2019. 

A Gallagher é dedicada em desenvolver soluções em cibersegurança e trabalhar com nossos clientes para ajudá-los a manter seus sistemas seguros contra possíveis ataques”, disse que Scott Elliot, vice-presidente da companhia. 

O software permite que os usuários informem em tempo real qualquer atividade suspeita, e também realiza vistorias regulares nos sistemas da corporação contra possíveis ameaças. 

Além disso, identifica e neutraliza possíveis ataques automaticamente e recomenda ao usuário caso haja algum reparo a ser feito em suas configurações. 

Hikvision

A empresa ganhou o prêmio IFSEC e FIREX de Product Innovation of the Year Award pela sua câmera com sensores de temperatura, o modelo DS-2TD2136. 

A câmera de segurança apresenta um eficiente sistema de detecção de temperaturas, dispensando o uso de luzes para capturar movimentos nas imagens. 

Além deste recurso, a DS-2TD2136 é acrescida de algoritmos desenvolvidos para identificar as imagens de forma inteligente, como o tipo de ameaça, incluindo incêndios. 

Outro ponto que a destaca das câmeras convencionais é que, como foi desenvolvida para lidar com temperaturas, pode ficar exposta às mais diversas condições climáticas, como fortes chuvas e ambientes hipotérmicos.  

O equipamento também está programado para enviar imediatamente as informações para o central de controle ao captar qualquer movimento suspeito.  

Genetec

A desenvolvedora de softwares lançou recentemente o piloto do programa Citigraf, desenvolvido especialmente para agências de segurança de pública do Reino Unido. 

Sua análise de dados identifica instantaneamente informações de diferentes sistemas, como os de localização, para apontar a ocorrência de um crime em tempo real. 

Com o apoio de câmeras de segurança espalhadas pela cidade aliado a um sistema de inteligência refinado, é possível detectar ocorrências imediatamente e essas informações são encaminhadas na mesma velocidade para um dashboard. 

Todas as unidades de segurança da cidade ficam sabendo da ocorrência simultaneamente, auxiliando na tomada de ações rápidas e decisivas em situações de risco. 

E isso não é tudo. 

Citigraf também coleta as informações e as transformam em dados para que a segurança pública inglesa possa usar em estratégias de melhoria do serviço no país.  

Software & Hardware 

Ao que tudo indica, a Segurança Corporativa ainda será muito beneficiada com a união dos equipamentos físicos aos softwares. 

A premissa da convergência das áreas acompanha a tendência mundial não só neste setor, mas em diversos outros segmentos de mercado que utilizam da tecnologia como ferramenta para inovar. 

Segurança é um assunto sério, e esses investimentos se tornam um grande benefício para toda a população. 

O progresso na área tem sido particularmente rápido e a integração dos sistemas abre novas possibilidades no desenvolvimento de produtos cada vez mais inovadores, pelo menos lá fora. 

Aguardemos como o Brasil irá entrar no jogo e quais serão seus pontos de convergência neste nicho de mercado.

Pupo Neto

CEO of CoApps Brasil - More than 20 years of experience in various markets - automotive, cosmetics, education, technology and others - in multinational companies, large national groups and startups - O Boticário, Nissan, UOL, OpenEnglish and OLX.

Participation in the creation of 3 startups in early-stage until the complete operation (OpenEnglish and Canal da Peça)
Large cases of communication in multinationals (O Boticário, Nissan, UOL, OLX, etc).
Pupo Neto

Deixe uma resposta